Publicado em Trânsito

Ministro Guido Mantega/Ministério da Fazenda: Não adie a obrigatoriedade de freios ABS e airbags!

Ministro Guido Mantega/Ministério da Fazenda: Não adie a obrigatoriedade de freios ABS e airbags!

Por que isto é importante

Normas 311 e 312 do Contran estabelecem desde abril de 2009 regras para implementação gradativa de airbags e ABS em automóveis e comerciais leves. Em 2013 o índice envolve 100% dos novos projetos e 60% da produção total, sendo que para 2014 todos deveriam contar com os equipamentos.Isso se o governo não mudar tudo agora, a quase duas semanas do prazo.

Movido por um pedido sindical, para evitar demissões, o Ministério da Fazenda está analizando junto com a ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) estender até 2016 o prazo para adoção de airbags e ABS por todos os carros.

Mas o Ministério não quer saber dos empregos, nem mesmo da segurança dos automóveis. Nesta sinuca de bico a preocupação do governo é com a possível elevação dos preços do automóveis em algo entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil. Vale ressaltar que pelo menos 80% das versões dos automóveis vendidos no Brasil já contam com os equipamentos. Não justifica!

Anúncios

Autor:

Sou servidora técnica da UFG, educadora, radialista e empreendedora social. Minha missão é construir meu caminho feliz, simples e ético, e dar minha contribuição por um mundo mais acolhedor e justo a partir da inovação, trabalho e humanidades. "Paretando", 80% de humanas e 20% encantada com os números, essa abstração inquietante. Mais em michelycoutinho.com.br.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s