Publicado em Michely Coutinho, Sindical, Trabalho

Posse do SINT-IFESgo

A nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior do Estado de Goiás (SINT-IFESgo) tomou posse nesta sexta-feira, 4 de maio. O evento aconteceu na sede social da entidade, em Goiânia-GO, e foi marcada pelo compromisso assumido pelos diretores de dar continuidade às lutas da categoria e pela ampliação das conquistas.

O novo coordenador geral do sindicato é Fernando César Mota, que recebeu o cargo de Fátima dos Reis.  O pleito que elegeu a nova direção da entidade para o triênio 2017-2020 ocorreu nos dias 21 e 22 de março. Uma eleição bastante disputada onde a chapa 1 ”Unidade para lutar” foi a vencedora com 51% dos votos válidos.

A nova diretoria mistura experiência com renovação. Reúne servidores técnico-administrativos das três instituições representadas pelo Sint-Ifesgo, UFG, IFG e IF Goiano.

Com a presença de cerca de 400 pessoas, a cerimônia de posse teve início às 20h30, com a participação de diversas autoridades sindicais, acadêmicas e políticas. Após o ato, foi servido o coquetel com música ao vivo da Banda Magia do Toque, que animou os presentes até às três da madrugada.

Unidade pela resistência e luta

 

Em seu discurso, Fernando Mota fez uma menção especial aos servidores do Hospital das Clínicas, que somam mais de 800 trabalhadores vinculados ao quadro permanente da UFG, os campus do interior, tanto da UFG, como do IFG e do IF Goiano, onde foram efetuadas várias visitas durante o processo eleitoral.

Aos cumprimentar a mesa, os presentes e toda a categoria dos TAEs, o novo coordenador geral do Sint-Ifesgo,  fez questão de ressaltar em especial para os colegas aposentados “sempre presentes na lutas do servidor e que fizeram a diferença nessa eleição”.

Fernando ressaltou o momento político, preocupante e difícil, por que passa o País, iniciado pelo golpe político-midiático que retirou a Presidenta Dilma e colocou em seu lugar um projeto político oposto ao aprovado pelas lutas. “Esse projeto tem atacado violentamente a democracia, a educação, a saúde pública, e principalmente, os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros. Mas, nossa luta de resistência conseguiu impor a primeira derrota a esse projeto ao barrar a Reforma da Previdência pretendida pelo governo. Na continuidade do golpe, assistimos a prescrição feita aos partidos políticos de esquerda com a clara atuação do judiciário participando vergonhosamente dessa percepção que culminou na prisão sem provas do Presidente Lula”.

“Foi nessa conjuntura que disputamos uma vigorosa campanha do sindicato e, agora, junto com toda direção eleita assumimos o compromisso de dar continuidade às lutas da categoria. Com a certeza de que os ataques à democracia, à educação, à saúde pública e aos trabalhadores não cessarão tão cedo, nosso desafio é o de unificar a categoria de técnicos e barrar os vários ataques que virão”, afirmou Fernando Mota.

O dirigente lembrou ainda a continuidade da luta por melhorias salariais e pelo reconhecimento e valorização do trabalho do técnico-administrativo nos processos de ensino nas instituições que representa.  Entusiasmado, Fernando reiterou que os próximos três anos serão intensos e árduos, e que confia no poder de luta da categoria que sempre esteve na vanguarda da defesa da democracia, da educação e dos direitos dos trabalhadores. Ao agradecer o trabalho dos diretores da gestão finalizada, fez uma menção especial à Fátima dos Reis, com que quem tem aprendido muito em sua trajetória de luta sindical.

Agradecimentos a todos que constroem o sindicato

À frente do Sint-Ifesgo como coordenadora geral nas duas últimas gestões, Fátima dos Reis avaliou esse período como positivo para o sindicato, lembrou o início de sua trajetória sindical, a partir de um convite dos companheiros Chicão, Lucimar e Elson para concorrer em uma chapa às eleições da entidade no ano de 2003, quando ainda era diretora do câmpus de extensão da UFG em Firminópolis, e ressaltou que “ninguém trabalha sozinho, ninguém vive sozinho” e dedicou sua fala aos agradecimentos.

Fatinha, como é carinhosamente conhecida, agradeceu a todos os técnicos administrativos, e destacando a parceria dos companheiros João Alcione, “dotado de uma ética absurda”,  João Pires, “pessoal incrivelmente ética, de grande potencial estrategista, liderança, e que tem dado suporte ao sindicato ao longo de todos esses anos”, e Alexandrina, a Xanda do HC – falecida neste sábado.

Honório Rocha, ex-presidente do Sint-Ifesgo, e João Paulo, também foram lembrados por Fátima dos Reis, especialmente por a terem engajado nacionalmente nas lutas dos servidores, por meio da Fasubra, onde atualmente, Fátima dos Reis integra a comissão de Supervisão da Carreira.  Agradeceu ainda, os trabalhadores (funcionários) do sindicato, “uma equipe forte, competente e capaz”, motivo de tranquilidade para a gestão.

Fátima fez, ainda, uma homenagem póstuma a Stênio, que foi motorista do sindicato por mais de 20 anos, e à ex-diretora do sindicato,Vera, lembrando por meio desses todos os companheiros de luta falecidos nos últimos seis anos em que esteve à frente do sindicato.

Momento é de união

Presente na composição da mesa do Reitor da Universidade Federal de Goiás, Edward Madureira, parabenizou a direção do sindicato e reforçou a importância do fortalecimento do vinculo, baseado no diálogo, entre a universidade e o sindicato. Edward ressaltou que a união faz a força: “Parabenizo a direção que sai e a nova diretoria do sindicato. É uma satisfação estar aqui presente nesse momento tão importante, o Sint-ifesgo  ensina muito para nós, não é trivial a gente ter aqui instituições federais de ensino superior juntas, está aqui ao meu lado o Amaury França Araújo que é pró-reitor do Instituto Federal de Goiás, e estamos sempre juntos, desde sempre, e agora trabalhando numa cultura de união, o momento é esse.”

Outras autoridades presentes na cerimônia de posse da nova diretoria do Sint-Ifesgo:

Diretoria da União Nacional dos Estudantes (UNE), Gabriel Tatico.

Presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Goiás (Coren), Ivete Santos Barreto.

Deputada Estadual, Isaura Lemos (PCdoB).

Vereadora de Goiânia, Tatiana Lemos (PCdoB).

Pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do IFG, Amaury França Araújo

Pró-reitor de Gestão de Pessoas da UFG, Everton Wirbitzki da Silveira.

Diretor do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação (CEPAE/UFG), Prof  Alcir Horário da Silva.

Diretora da Faculdade de Enfermagem da UFG, Profª  Claci Fátima Weirich Rosso.

Vice-presidente da Associação Geógrafos do Brasil (AGB), Romualdo Pessoa.

Presidente do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (ADUFG), Prof. Flávio Alves da Silva.

Presidente do Centro Popular da Mulher (CMPM), Sidiana Soares.

Presidente da União de Negros de Goiás (UNEGRO), André Luiz.

Representante da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), João Paulo Ribeiro.

Representante da Central dos Movimentos Populares (CMP), Walter Monteiro.

Representante do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (SINTEGO), Napoleão Batista da Costa.

Representante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Elizabeth Cerqueira.

Representante do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST), Rogério Cunha.

Representante da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), Isaias Fonseca.

O cerimonial da solenidade de posse foi organizado em parceria com a Secretaria de Comunicação da UFG e as imagens foram registradas pelos repórteres fotográficos, Carlos Siqueira e Lucas Polinário.

 

Fonte: http://www.sint-ifesgo.org.br/noticias/5461/

 

20180504_213812

Anúncios